Era só mais um Silva…

Botaram mais um Silva numa cela de prisão
Dizem que quem está preso é indecente
Pois tem o cheiro de povinho
E a cara de povão
Os seus crimes todos sabem
Não é segredo não
Matador da fome que assola os pobres
Já foi visto até matando afogada
A sede do homem que mora lá no sertão
Conhecido como pai dos pobres
É também chamado de ladrão de coração
Só que basta um olhar decente
Que fica fácil observar
Analisar a conjuntura
E chegar a conclusão
Não foi apenas mais um Silva
Que boataram na prisão

Caio Magalhães – olulista

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.